Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escritos Dispersos

"Todos começamos por ser crianças." "Com tempo, perseverança e esperança, tudo se alcança." À minha mulher e às nossas filhas.

Escritos Dispersos

"Todos começamos por ser crianças." "Com tempo, perseverança e esperança, tudo se alcança." À minha mulher e às nossas filhas.

DEPRESSÃO

E cá estou eu no meio da solidão,

A pensar em quantos me entenderão,

Talvez um ou mesmo nenhum,

Por que no fundo,

Sou igual a qualquer um ...

 

Fico em casa a ver os dias passar,

Sem nada para fazer, sem nada para olhar ...

Colegas a julgar por estar em casa a descansar,

Enquanto o que eu faço é apenas chorar ...

 

Não tenho culpa do que me está a acontecer,

Ajudem-me por favor,

Eu não quero sofrer ...

 

Não consigo ver um futuro,

Controlar o presente,

Nem esquecer o passado ...

Porquê tudo isto? Afinal o quanto é que a depressão me tem afetado?

 

Nas aulas não presto atenção,

Sujeita a baixar as notas,

Mas professores não vos chega já toda essa preocupação?

 

As minhas amigas sempre a apoiar-me,

Será que é mentira ou que é verdade?

Algumas talvez, outras apenas querem despreocupar-me... 

 

Acordo de manhã com os olhos inchados,

Na noite anterior eu tinha chorado...

Sem motivo algum,

Apenas porque me lembrei,

Que estou assim por causa de uns mal educados ...

 

Não tenho culpa do que me está a acontecer,

Ajudem-me por favor,

Eu não quero sofrer ...

 

Não tenho culpa do que me está a acontecer,

Ajudem-me por favor,

Eu apenas não quero sofrer ...

 

As marcas que estão no coração,

Nunca sairão, nunca sairão

Mas tenho a certeza,

Elas melhorarão ...!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

VISITAS