Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escritos Dispersos

"Todos começamos por ser crianças." "Com tempo, perseverança e esperança, tudo se alcança." À minha mulher e às nossas filhas.

Escritos Dispersos

"Todos começamos por ser crianças." "Com tempo, perseverança e esperança, tudo se alcança." À minha mulher e às nossas filhas.

Acredito, sempre acreditei e acreditarei convictamente, que Carlos Cruz está totalmente inocente...

http://www.processocarloscruz.com/

 

O GRANDE INIMIGO DA VERDADE É MUITAS VEZES NÃO A MENTIRA - DELIBERADA, ORGANIZADA E DESONESTA - MAS SIM O MITO, PERSISTENTE, PERSUASIVO E IRREALISTA. ACREDITAR EM MITOS PERMITE O CONFORTO DE TER OPINIÃO SEM O DESCONFORTO DE TER QUE PENSAR - Jonh F. Kennedy

  

É "confortável" reduzir a pedofilia a meia dúzia de pessoas... O meu pai - já falecido - sempre apontou, publicamente, os pederastas a dedo (referindo-se a homens que permaneciam à cata de crianças) , eram (e deverão ser) muitos, em várias zonas de Lisboa!

 

Triste mundo! Sinistra "justiça"!

 

Quando for absolvido [em 5 de Agosto de 2010], Carlos Cruz - o Senhor Televisão - vai levantar-se. Esse será mais um dos seus grandes dias. O primeiro do melhor recomeço/refazer da sua vida. Longe daquelas pessoas que deixaram de aparecer, algumas que provavelmente pensava serem os seus melhores ou bons amigos, que Carlos Cruz talvez até considerasse família do coração... [acontece o mesmo quando dizemos que temos cancro... que já não temos as capacidades de outrora!].

 

"A verdadeira filosofia é reaprender a ver o mundo".

Merleau-Ponty

Faleceu Saldanha Sanches...

O fiscalista e comentador da SIC Notícias Saldanha Sanches morreu, vítima de cancro, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

 

José Luís Saldanha Sanches (Lisboa, 11 de Março de 1944 – 14 de Maio de 2010) foi jurisconsulto e professor universitário português de Direito Fiscal.

 

Leccionou na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e na Universidade Católica Portuguesa, e comentava assuntos fiscais regularmente na comunicação social.

 

Também na área fiscal, é autor de numerosos artigos e alguns livros, sobretudo sobre questões relacionadas com a tributação do lucro das empresas. Membro do Centro de Estudos Fiscais, de 1984 a 1996 e do Conselho Nacional de Fiscalidade (1996-2000), dirigiu as revistas Fisco (1988-1998) e Fiscalidade (2000-2010). Foi representante do Ministro das Finanças na Comissão Monti para a harmonização fiscal europeia, em 1996. Em 2007 foi mandatário do socialista António Costa, para a Câmara Municipal de Lisboa. Era casado com a Procuradora-Geral Adjunta Maria José Morgado, uma voz publicamente activa contra a corrupção em Portugal.

 

É com pesar que apresento sentidas condolências à família enlutada.

 

http://www.pop.eu.com/news/2515/5/Despedida-eterna-um-texto-impressionante-e-obrigatorio.html

Bem haja Fernando Salgueiro Maia - Herói da História de Portugal

http://acargadabrigadaligeira.blogspot.com/2009/04/obrigado-fernando-salgueiro-maia.html

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Seguros

Seguros de Vida Habitação

Reparação de automóveis

Oficinas

Deficientes/PESSOAS com necessidades e/ou dificuldades especiais

Saúde...

SOS Crianças

Serviços de Saúde

VISITAS

VISITAS